Pernas com varizes.

Saiba as Causas e os Sintomas do surgimento de Varizes

O que são Varizes?

Parte traseira de pernas afetadas pelas varizes.

As varizes são veias dilatadas, insuficientes com tortuosas, que aparecem normalmente nas pernas e nos pés, principalmente em mulheres e acabam gerando incômodo e dor. As artérias espalham o sangue pelo corpo, enquanto as veias realizam o caminho inverso na direção do pulmão, local em que o sangue é oxigenado. Os fatores de risco propiciam um sobrecarregamento do sistema, gerando dificuldades para o organismo de cumprir essa função. Existem diversas causas para o surgimento de varizes. Confira as principais causas do aparecimento de varizes:

Causas

A maioria dos casos de varizes são as chamadas varizes primárias, que são os “problemas” nas veias superficiais, que se dilatam e são mais visíveis na pele. As veias profundas, que são protegidas por feixes de músculos, quando atingidas, as principais causas são tromboses, anomalias anatômicas e problemas ortopédicos, deixando a pele ressecada e fina. Esses problemas mesmo quando atingem somente as veias superficiais, podem acabar afetando as veias do sistema profundo quando não tratadas.

Os casos mais graves podem evoluir para flebite ligada à trombose do vaso (“tromboflebites”) e inflamação nas paredes das veias (“flebites”), que provocam dores locais fortes. Os edemas constantes que podem surgir em virtude do acúmulo de líquidos podem levar a redução do aporte de sangue à pele, pode ocasionar a destruição do tecido (com formação de úlceras varicosas).

  • Sexo feminino: Devido a presença de alguns hormônios (como a progesterona) provocam a dilatação das veias e beneficiam a incompetência valvular;
  • Influência genética: As veias frágeis podem ser herdadas geneticamente, que combinadas com os fatores de risco e a idade, predispõem o surgimento de varizes;
  • Obesidade: Pois quanto maior o peso, maior a pressão sobre as veias;
  • Gravidez: O aparecimento de varizes durante a gravidez se deve ao fato de que o peso aumenta, a barriga cresce em virtude das alterações hormonais, e o aumento da dificuldade de circulação do sangue;
  • Tabagismo: O cigarro agride a parede dos vasos, deixando-os doentes. O tabagismo é um fator de risco para doenças coronarianas e arteriais, especialmente a aterosclerose. Mesmo que ainda não hajam provas concretas de que o cigarro cause varizes ou vasinhos, fumar é extremamente prejudicial a saúde, e pode não precisar-se de cirurgia vascular em virtude das varizes, mas a probabilidade de se precisar de uma cirurgia vascular por causa de problemas arteriais mais graves se eleva bastante;
  • Sedentarismo: O ato de andar favorece o retorno venoso, reduzindo o represamento do sangue no interior das veias;
  • Uso de anticoncepcional: A variação dos hormônios é um dos fatores responsável para o aparecimento de varizes no organismo;
  • Trauma nas pernas: Qualquer trauma que gere lesão nas veias pode deixá-las mais fracas e suscetíveis a dilatações;
  • Ficar em pé por bastante tempo: Ficar em pé por várias horas, dificulta o retorno venoso e favorece o surgimento de varizes;
  • Ficar sentado(a) com as pernas dobradas por um longo período: Ao ficar com as pernas dobradas por várias horas seguidas, o sangue precisa vencer a gravidade para subir e além disso, os vasos não estão retificados como em pé, mas sim em um caminho tortuoso.

Sintomas

Mãos segurando uma parte da perna afetada com varizes.

Normalmente, não aparecem outros sintomas além do aparecimento das veias tortuosas, azuladas e dilatadas abaixo da pele. Porém podem surgir alguns outros sintomas:

  • Leve inchaço, normalmente nos tornozelos e nos pés;
  • Coceira na pele nas áreas afetadas;
  • Dor, sensação de peso ou ardor nas pernas, que podem se acentuar no final do dia;
  • Manchas escuras na pele.
Post criado 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo